segunda-feira, outubro 17, 2005

DESTAQUES DE HOJE NO JORNAL, O GLOBO:

“Tudo indica” que há mais mensaleiros, afirma Delcídio

Em entrevista ao O Globo, o senador Delcídio Amaral, presidente da CPI dos Correios, a lista de deputados que receberam o mensalão, pode ser maior do que o apurado até agora. Eis alguns trechos: “Há indícios de que mais parlamentares podem ter se beneficiado do valerioduto”? Delcídio:

Tudo indica que sim. Alguns tesoureiros fizeram uma série de operações e há indícios claros de que os saques efetuados por eles não eram para atender apenas àqueles 18 que já foram identificados, mas para atender a outros parlamentares. Essa é uma investigação que a CPI do Mensalão precisa fazer. Já está descartado que tenham sido os empréstimos do BMG e do Banco Rural? Delcídio: As investigações mostram que a versão dos empréstimos não se sustenta. Temos três alternativas: contratos fictícios de prestação de serviços para repassar recursos; contratos eventualmente superfaturados que poderiam servir a essa movimentação financeira; ou recursos provenientes do exterior. Vamos investigar todas as hipóteses.”.


Esquerda italiana mostra preocupação com crise no Brasil

Segundo reportagem do O Globo, “o presidente Lula da Silva disse ontem, segundo os participantes do encontro, que trabalha pela união da centro-esquerda no Brasil, inclusive para o ano que vem. Mais tarde, num encontro com entidades da sociedade civil, Lula disse, também segundo os participantes, que a crise política brasileira serviu para mostrar ‘quem está a favor e quem está contra o governo’.” O que mais chama atenção, porém, no texto é o segundo parágrafo: “No encontro com Lula, os líderes da centro-esquerda italiana, unidos na coalizão L’Unione (A União), mostraram preocupação com a crise política no Brasil. O principal líder da L’Unione, Romano Prodi, disse que o ‘momento para Lula é muito difícil’, mas elogiou a condução da economia. Já Antonio Di Pietro, idealizador da operação ‘Mãos Limpas’ na Itália nos anos 90, disse que a situação de corrupção no Brasil era ‘mais endêmica’ que na Itália daquela época. Mas todos os líderes da oposição italiana elogiaram a economia e foram enfáticos ao dizer que não há outra alernativa a Lula no Brasil, e defenderam sua reeleição.”.


Lula despista imprensa e faz turismo com primeira-dama

À escapadela de Lula e de sua esposa, Marisa, no domingo em Roma mereceu registro em O Globo. Os dois saíram escondidos da embaixada do Brasil para passear pela cidade: “(...) Para tentar despistar os jornalistas de plantão, Lula deixou o Palazzo Pamphili pela porta dos fundos. A ação dos seguranças nas estreitas ruas que cercavam a embaixada impediu que a imprensa acompanhasse o passeio de Lula e dona Marisa, que saíram numa van com os vidros totalmente escuros, para impedir a identificação. (...) Lula e dona Marisa andaram de carro por vários outros cartões postais, segundo as informações: Castelo Sant’Angelo, Coliseu, Pantheon e a Colina de Gianicolo, de onde se tem uma vista privilegiada da cidade. Assessores disseram que Lula apenas ‘deu uma volta de carro’. Já o governador do Piauí, Wellington Dias (PT), disse que o presidente parou para tomar um café no Sant Eustachio, que vende grãos especiais de vários países, inclusive do Brasil. Segundo o governador, Lula teria até conversado e cumprimentado turistas no local.”.


Aftosa: não faltou aviso, afirma Rodrigues a governadores

A coluna de Ancelmo Gois, em O Globo, traz mais uma informação que confirma o que já se sabe: não faltaram avisos ao presidente Lula e ao ministro da Fazenda, Antonio Palocci, sobre os riscos que o Brasil corria por relaxar na defesa sanitária. Eis o texto: “Numa reunião com governadores em Fortaleza, em abril, o ministro Roberto Rodrigues disse, com todas as letras, que o ‘Brasil estava com uma espada apontada para a cabeça’ por causa da dificuldade de convencer Palocci a liberar recursos para a prevenção à febre aftosa.” (Leia mais sobre aftosa na seção Economia.).

1 Comments:

Anonymous Saramar said...

Bloody, boa tarde.

Que beleza, hein? Enquanto casa real (realmente, mau) passeia pelos pontos turísticos em Roma, a vaca vai para o brejo aqui no Brasil e, com ela, a balança comercial.

Estamos realmente perdidos.

5:20 PM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home